A ATUAÇÃO DO PSICÓLOGO ESCOLAR: MULTIRREFERENCIALIDADE…

 

A ATUAÇÃO DO PSICÓLOGO ESCOLAR: MULTIRREFERENCIALIDADE,
IMPLICAÇÃO E ESCUTA CLÍNICA


João Batista Martins

Departamento de Psicologia Social e Institucional – Universidade Estadual de Londrina. Doutor em Educação pela Universidade Federal de São Carlos – UFSCar

RESUMO. Este artigo discute a noção de clínica no contexto da psicologia escolar. Na medida em que nós sugerimos como metodologia de pesquisa e de intervenção para o psicólogo escolar a observação participante, entendemos que tal discussão também se refere a questões epistemológicas – uma vez que a produção de conhecimento se dá na ordem da implicação, pois é construção intersubjetiva. Além disso, considerando a complexidade do cotidiano escolar, apresentamos a abordagem multirreferencial e a escuta clínica como perspectivas para a compreensão dos fenômenos que ali se desenrolam.
Palavras-chave: psicologia escolar, multirreferencialidade, escuta clínica.

Fonte: http://www.scielo.br/pdf/pe/v8n2/v8n2a04.pdf

Psicologia em Estudo, Maringá, v. 8, n. 2, p. 39-45, 2003

 

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s